Curso de engenharia de custos: por que vale a pena investir?

Curso de engenharia de custos: por que vale a pena investir?

Curso de engenharia de custos: por que vale a pena investir?

O mercado de trabalho está cada vez mais dinâmico e exigente. Para se diferenciar, é importante apresentar habilidades e competências que colocarão você em vantagem diante dos demais, levando os empregadores a valorizarem sua formação e aumentando suas possibilidades de rendimentos e benefícios. A engenharia de custos é uma ótima opção para quem busca dar esse upgrade no currículo e se destacar no mercado.

Entretanto, antes de decidir por fazer ou não essa especialização, você deve saber algumas informações relevantes sobre o assunto e como a engenharia de custos pode ajudar no seu crescimento profissional. Ao longo deste post, você vai saber mais sobre essas questões. Continue a leitura!

O que é a engenharia de custos?

A engenharia de custos aborda aspectos multidisciplinares, envolvendo tanto os conhecimentos tradicionais da engenharia, quanto de gestão e administração, o que confere ao profissional uma atuação mais ampla do mercado. Trata-se de uma ramificação da engenharia muito útil para a construção civil, mercado em que há grande busca por profissionais competentes para realizar orçamentos e planejamento financeiro.

Embora não seja exigido um diploma ou certificado para exercer a atividade, fazer um MBA ou especialização em engenharia de custos é o pré-requisito que muitas empresas adotam para contratar o engenheiro de custos.

Entre as atividades exercidas pelo engenheiro de custos, destacamos a análise econômica, a análise de riscos, o controle de mudanças, a elaboração do orçamento e a estimativa dos gastos.

O mercado para o engenheiro de custos está favorável no atual momento, pois as empresas estão buscando alternativas para evitar o desperdício de recursos e otimizar os lucros, auxiliando tanto em fatores econômicos como ambientais, pois, ao evitar desperdícios de materiais e matérias-primas, como a água, você está contribuindo para preservação do meio ambiente.

No âmbito salarial, os rendimentos estão super favoráveis, variando de R$ 5.000 a R$ 7.500 para salário inicial, aumentando progressivamente de acordo com o amadurecimento no cargo.

O que é ensinado no curso?

O objetivo do curso é passar, aos profissionais de engenharia, agronomia, arquitetura e áreas afins, conhecimentos e informações referentes à engenharia de custos. Entre esses conhecimentos, destacam-se os projetos, a elaboração de propostas de orçamento para estudos e o gerenciamento de empreendimentos e de obras.

Busca-se introduzir e apresentar ao profissional as mais diversas e modernas técnicas de gerenciamento de obras e elaboração de propostas técnicas viáveis e enxutas financeiramente, prezando pela economia e eficiência dos gastos. Ao final do curso, o profissional estará apto a atuar como um engenheiro de custos e a executar as mais diversas atribuições que essa profissão exige.

Como essa formação ajuda no crescimento profissional?

Conforme já destacamos, o mercado atual está cada vez mais exigente e buscando por profissionais completos, com conhecimentos nas mais diversas áreas do conhecimento. Não é diferente na engenharia, em que as construtoras e incorporadoras não buscam mais apenas um bom engenheiro, mas também um bom gestor e administrador, tudo em um mesmo profissional.

Para reunir essas características, você deve trabalhar a multidisciplinaridade no seu campo de atuação, levando conhecimentos das mais diversas áreas a fim de otimizar os resultados. Além disso, o contato direto com outros profissionais durante o curso aumentará o seu networking, o que é positivo, conforme aprofundaremos adiante.

Quais os principais benefícios de se fazer esse curso?

Elencamos aqui os principais benefícios que uma pós-graduação em engenharia de custos traz para você enquanto profissional.

Novos aprendizados

Conforme informamos ao longo deste texto, o mercado está cada vez mais dinâmico, o que significa que as mudanças ocorrem quase que diariamente, principalmente com introdução de novas tecnologias — como softwares e metodologias para a área da engenharia.

Apesar de algumas instituições — como o Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC) — oferecerem o curso desde a década de 1970, o curso em engenharia de custos ainda apresenta conhecimentos inovadores e relevantes no campo da engenharia, o que faz dessa formação um grande diferencial para o profissional.

Networking

Uma das principais características que fazem o profissional ter segurança, mesmo em época de crise, é a manutenção de uma boa rede de contatos profissionais. A pós-graduação em engenharia de custos ajuda você a criar ou aumentar essa rede, fazendo com que o engenheiro tenha contato direto com outros profissionais do ramo, possíveis empregadores ou colegas de trabalho.

Capacitação profissional

O curso em engenharia de custo leva a você capacitação profissional em um ramo específico da engenharia, bastante promissor e que oferece grandes oportunidades de carreira e de salário. A capacitação é voltada para que o profissional esteja apto a elaborar orçamentos e gerenciar as obras de uma construção.

Multidisciplinaridade

Uma das grandes características positivas de um profissional nos dias atuais é sua resiliência, capacidade de aprender com os novos desafios, capacidade para tomadas de decisão sob pressão e conhecimento nos mais diferentes campos do conhecimento humano, independentemente do cargo que ocupe.

É como aquela máxima: “quem sabe só de engenharia, de engenharia nada sabe”. Dessa forma, é essencial que o profissional tenha conhecimentos de áreas afins, como administração e gestão, levando técnicas positivas para o gerenciamento de uma obra e conversando com os outros profissionais envolvidos de igual para igual.

Novas oportunidades profissionais

Fazer uma pós-graduação, especialmente em engenharia de custos, abre os seus horizontes para novas oportunidades profissionais na carreira. É ideal tanto para os profissionais que estejam começando no mercado de trabalho quanto para aqueles que estão a mais tempo e desejam se reciclar.

E qual o melhor momento para buscar essa formação?

O crescimento profissional não é uma mágica, do tipo em que você acredita que deve crescer e as coisas simplesmente acontecem. Não! Para crescer profissionalmente, você deve percorrer um longo caminho, aprendendo com os erros e buscando sempre algo novo para dar um upgrade nas suas habilidades.

Sendo assim, a engenharia de custos, por ser uma opção multidisciplinar completa, se torna uma opção bastante válida a ser considerada sob esse aspecto. Como já dissemos, o mercado sempre tem grande demanda por engenheiros com perfil para planejar e gerenciar custos. Portanto, seja no início de carreira, seja para profissionais já estabelecidos, a qualquer momento essa formação será um grande diferencial.

Busque por instituições com experiência na oferta desse tipo de curso e que possuam um corpo docente qualificado para que você receba a melhor orientação possível.

Agora que você já sabe quais são os benefícios de investir em um curso de pós-graduação de engenharia de custos, assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos com este na sua caixa de entrada!

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *