Como dar a volta por cima e melhorar o desempenho profissional?

Como dar a volta por cima e melhorar o desempenho profissional?

Como dar a volta por cima e melhorar o desempenho profissional?

Todas as pessoas buscam estabilidade e satisfação profissional, porém muitas delas não procuram o desenvolvimento apropriado para direcionar suas carreiras. E é neste momento que encontramos um grande número de profissionais desmotivados, sem entender qual é sua verdadeira missão. Mas, com autoconhecimento, você pode dar uma guinada e turbinar o seu desempenho profissional.

É muito comum encontrarmos profissionais frustrados ou que foram dispensados e não conseguiram superar o trauma de uma demissão. Embora seja algo duro, essa é uma situação bastante comum e que a maioria das pessoas já enfrentou ao menos uma vez.

Sabemos que o mercado de trabalho está cada vez mais acirrado. Hoje, as empresas exigem que os profissionais estejam mais capacitados e aptos a lidar com diferentes situações, incluindo as mais adversas.

Por isso, conhecer-se é um processo fundamental para que as pessoas encontrem sucesso pessoal. A percepção de si e do todo é uma poderosa maneira de absorver de forma mais leve as situações contrárias da vida e contornar situações como a demissão, a estagnação e a apatia profissional.

Para te ajudar a superar esses obstáculos, reunimos 5 dicas poderosas para você turbinar o seu desempenho profissional. Acompanhe:

Trabalhe seu desenvolvimento interior

Quando se está desmotivado profissionalmente ou durante um processo de demissão, potencializar questões como autoconhecimento, autoestima e resiliência são importantes saídas para quem busca dar a volta por cima. Entenda:

Autoconhecimento

Analise sua experiência anterior e compreenda quais eram as atividades que mais despertavam seu interesse. Parece algo simples, mas, em especial no mundo corporativo, é muito comum encontrar profissionais que não reconhecem suas potencialidades, não sabem quais são suas afinidades e não compreendem qual é sua verdadeira missão.

Para te ajudar a entender com clareza sua essência, desenhe novos objetivos de acordo com as coisas que você realmente gosta de fazer, compreenda o que te comove dentro e fora da sua profissão. Se achar necessário, você pode entrar em contato com especialistas no assunto, como coaches profissionais e de vida;

Autoestima

O fortalecimento da sua autoestima e do amor próprio é um canal bastante potente que irá te ajudar a deixar para trás as coisas que não lhe fazem mais feliz. Consequentemente, você conseguirá enfrentar seus desafios profissionais com mais leveza e segurança.

Portanto, desapegue do passado e dos hábitos nocivos — estas são peças-chave nesses processos de reconstrução.

Resiliência

De acordo com a Física, a resiliência trata da habilidade de um material voltar ao seu estado original depois de sofrer uma deformação. Entre as pessoas, resiliente é aquele que tem a capacidade de se reinventar após viver frustrações.

As pessoas com alto nível de resiliência são capazes de usar os traumas vividos a seu favor, aprendendo com aquelas lições e refazendo o seu caminho. Entre as características mais marcantes das pessoas resilientes, destacam-se positividade, flexibilidade, autoestima alta e disposição para enfrentar adversidades.

Entenda quais lições aprendeu

Ainda que pareça algo trivial, entender quais foram seus erros e acertos diante de um acontecimento nem sempre é uma tarefa fácil. No entanto, a sensação de gratidão no final deste processo pode ser libertadora.

Questione-se sobre as lições você teve a oportunidade de aprender durante sua trajetória em seu antigo emprego. Se estiver descontente com seu atual cargo, um importante exercício consiste na analise dos erros e acertos que você comete com frequência — e que são responsáveis por potencializar essa sensação de frustração.

Independentemente de qual seja o seu caso, para ambos os cenários é preciso se desprender das mágoas e arrependimentos. Acima de tudo, é preciso se resignar e ter humildade para compreender os seus erros.

Com isso você conseguirá avaliar com racionalidade os fatos que compõem seu dia a dia — sejam eles bons ou ruins — e transformar essa situação. Essa prática te ajudará a enxergar o seu íntimo com transparência e reciclar atitudes, pensamentos e energias nocivas.

Trace um novo plano

Bem, o início do processo consiste em uma avaliação profunda. Após lidar com as suas emoções, entender seus desejos e as lições que determinada vivência te trouxe, chega a hora de colocar tudo isso em prática e planejar seus próximos passos.

Neste momento, você deve literalmente fazer um brainstorm, ou seja, destacar todas as ideias e cenários possíveis. Depois disso, pontue também aquelas que não parecem tão viáveis. Nenhuma possibilidade deve ser deixada de lado nesse processo.

Tendo em vista todas as hipóteses, você deverá estabelecer as prioridades, pensando sempre em quais alternativas são palpáveis ou não para aquele momento. Em seguida, trace seus objetivos e estabeleça metas que deverão ser convertidas em ações.

Vale reforçar que quanto melhor seu planejamento, maiores as chances de você conseguir executá-lo com êxito e obter os resultados esperados.

Aumente o seu leque de possibilidades

Ter um trabalho que traga estabilidade — tanto emocional quanto financeira — é o que a maioria maciça das pessoas procura. Mas isso não que dizer que você deve descartar possibilidades de ganhos extras e ocupações paralelas.

Você pode, por exemplo, usar a sua expertise para auxiliar outros profissionais. Mesmo que isso ainda não lhe traga uma recolocação, é uma forma de continuar exercitando seus conhecimentos.

Além disso, é possível produzir e divulgar conteúdos sobre o seu mercado de atuação, desenvolver algum trabalho voluntário ou algo relacionado à responsabilidade social. O importante é estar sempre em movimento, praticando o que você sabe fazer melhor.

Aproveite este momento de imersão em seu verdadeiro eu para expandir o seu olhar a respeito do mundo, das pessoas e da sua profissão. O mercado tem buscado profissionais mais flexíveis e capazes de se adaptar a diferentes cenários.

Aprimore sua formação

Adquirir novos conhecimentos e incrementar seu currículo podem ser a injeção de ânimo que sua carreira precisa.

Se você já é fluente em inglês, aprenda um novo idioma e dê mais destaque ao seu currículo. Procure um MBA, uma pós-graduação ou até mesmo um mestrado em sua área. É possível também buscar cursos de especialização em um setor do mercado sobre o qual você ainda não tem total domínio.

Invista seu tempo em complementar suas habilidades profissionais. Assim como uma boa bagagem, lembre-se de que os candidatos que possuem uma boa formação aumentam suas chances dentro de um processo seletivo — e saem na frente quando o assunto é plano de carreira.

Superar uma demissão ou dar uma guinada em seu atual emprego não é uma missão simples. Para conseguir dar a volta por cima e melhorar o seu desempenho profissional, você precisará mergulhar em seu íntimo e se dedicar intensamente ao seu desenvolvimento.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe este artigo em suas redes sociais e ajude seus amigos a melhorarem o desempenho profissional.

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *